Quinta Sexual: De dia cansativo a dia especial (conto)

 

Era um dia comum.

Meio da semana. Frio intenso. Noite cinza, escura, sem graça. Ela estava particularmente cansada. Ele, trabalhando até muito tarde.

Chegaram em casa quase juntos, usaram o resto das forças que tinham para cumprimentar-se. Um sorriso forçado, um abraço frouxo e um beijo leve. Subiram a escada de mãos dadas, contando sobre o dia intenso que tiveram.

Era notável o cansaço de ambos, que ainda tinham várias coisas para fazer antes de dormir. Pediram uma pizza, comeram só um pedaço cada.

Ele já tomava banho e criava coragem para continuar o trabalho de casa enquanto ela recolhia e dobrava as roupas do varal, quando lhe veio a ideia: porque não fazer um dia exaustivo e pesado terminar bem melhor do que havia começado?

Ficou automaticamente otimista e, com o resto de forças que ainda tinha, foi se arrumar. Soltou os cabelos, deixou as roupas no varal e vestiu seu melhor fio dental. Olhou-se no espelho, gostou do que viu.

Duas borrifadas de perfume, um pouco de hidratante sobre a pele e aquele gel erótico ao lado da cama. Ligou a TV num canal de música qualquer e deitou-se, sorrateira, para aguardá-lo.

Ao entrar no quarto, elogiou o perfume que pairava no ar e nada (absolutamente nada) pagaria a transformação de seu rosto quando ela saiu de baixo das cobertas, exibindo apenas o fio dental preto que vestia. Pensou com ela mesma: apenas aquele olhar já tinha valido o dia.

Num gesto sacana, ela lhe arrancou a toalha de banho e beijou sua boca intensamente, enquanto tocava-o com as mãos e o próprio corpo o máximo que conseguisse. Sentiu eriçar todos os pelos das costas dele.

Deitou-o na cama e alcançou o gel erótico. Ele mordia os lábios de prazer enquanto ela o chupava. O oral seguiu até o momento que ele não aguentasse mais e a puxasse para cima dele. Ela disse bem baixinho na orelha: “me come,” enquanto sentava vagarosamente em seu membro molhado.

O sexo continuou intenso e quente, num ritmo forte e gemidos altos. Ao sentir que iam gozar juntos, ela arranhou seu peito e mordeu o ombro. Os corpos se contorceram tão fortemente que gozaram deliciosamente ao mesmo tempo. O sorriso que ficou estampado em ambos os rostos entregava tudo: aquele dia tinha acabado de se tornar especial.

Esqueceram tudo que ainda tinham para fazer: decidiram se permitir. Trocaram beijos e juras de amor, e logo adormeceram abraçados. Amanhã era outro dia.

 SaiDaqui 😉

autor: Amanda Armelin

Bocuda, nerd, tatuada. Cervejeira de carteirinha e louca por cachorros (principalmente bulldogs). Além do sorriso no rosto, mantém paixão absoluta por bacon e sexo.

compartilhe esse post

Comentários

  1. […] SaiDaqui – De dia cansativo a dia especial […]

  2. […] Cerveja – Como pedir cerveja ao redor do mundo Cintura Larga – 15 Looks para inspirar Sai Daqui – De dia cansativo a dia especial Mauoê! – Menino José está cagado de fome Tequilasman – POST NOVO (+18) MauoÊ! […]

  3. […] SaiDaqui – De dia cansativo a dia especial […]

  4. […] SaiDaqui – De dia cansativo a dia especial […]