O que eu quero!

postado por em 13/11/2009

O que mais me irrita nas pessoas? Elas próprias, e a capacidade de julgar que se acham no direito de ter. Ser humanozinho infernal aquele que se acha superior, no direito de julgar ações de qualquer outro. E o pior, é que normalmente são aqueles que erram bastante, e feio. Aqueles que erram demais, e ainda assim são “mais corretos” do que os que os cercam. Seres que adoram...

continue lendo

Pessoas, momentos e coisas

postado por em 12/11/2009

Fuçando em meus textos antigos e fotologs abandonados, achei algumas coisas legais. Esse me deu vontade imediata de postar, então lá vai: Some dance to remember. Some dance to forget. Certas pessoas, momentos e coisas são completamente inesquecíveis. Existem aqueles que passam. Aparecem de um jeito “the flash”, e se vão na mesma velocidade. São rápidos, mas deixam rastros...

continue lendo

57 maneiras de avisar que vai cagar

postado por em 11/11/2009

Digamos que todos nós cagamos fazemos cocô fazemos o número 2. Como dizer isso sem ser rude? Comecei a lembrar de frases já conhecidas popularmente, li algumas outras e registrei algumas outras que ouvi/inventei… Eis o resultado de um dilúvio imaginário, obviamente que feito na privada, durante um barro: Nada mais do que 54 maneiras mais delicadas de dizer que vai cagar, PLUS três outras,...

continue lendo

Era uma vez um salário no fim do mês…

postado por em 10/11/2009

Sabe o que é pior? Vivemos num mundo onde é mais fácil acreditar em extraterrestres do que em contos de fadas. Trabalha-se quarenta horas por semana (quando não mais) para não ter dinheiro no fim do mês. Porque ainda vive-se de juros altíssimos e prestações das casas Bahia. Aquela mesma prestação que o coitado do pai de família pena tanto pra pagar, porque quer ter o mínimo de conforto...

continue lendo

Campanha contra cu doce

postado por em 09/11/2009

Isso mesmo. Cansei de cu doce. Uma crítica à frescura feminina. E um alívio para os homens. Acho engraçado. A mulherada por aí sempre se vangloriando disso ou daquilo, lutando pela tal igualdade dos sexos, odiando ser chamada de sexo frágil e tralalá. Compram qualquer briga na rua com machistas, fazem movimentos feministas, querem ser líderes em tudo, têm a proteção da lei maria da penha e o...

continue lendo