Broken Dreams

postado por em 15/11/2009

Ainda fuçando coisas antigas… “27/07/06 Day of broken dreams. De novo, meu quarto se torna a única testemunha do meu dia. E mais uma vez é pro céu que conto as novidades de tudo que passei hoje. Solidão acompanhada de muita gente é o pior tipo que existe. Faz você se sentir mais só ainda. Manter um sorriso estampado no rosto. Manter o sorriso dos outros. Me esconder atrás de uma...

continue lendo

O conceito de loop

postado por em 14/11/2009

Para quem não conhece o conceito de loop , aqui fica uma explicação que recebi por e-mail, MUITÍSSIMO clara, com o melhor exemplo do mundo… Vamos ao caso prático: O diretor disse à secretária: – Vamos viajar para o exterior por uma semana, para um Seminário. Faça os preparativos da viagem! A secretária faz uma chamada para o marido: – Vou viajar para o exterior com o diretor...

continue lendo

O que eu quero!

postado por em 13/11/2009

O que mais me irrita nas pessoas? Elas próprias, e a capacidade de julgar que se acham no direito de ter. Ser humanozinho infernal aquele que se acha superior, no direito de julgar ações de qualquer outro. E o pior, é que normalmente são aqueles que erram bastante, e feio. Aqueles que erram demais, e ainda assim são “mais corretos” do que os que os cercam. Seres que adoram...

continue lendo

Pessoas, momentos e coisas

postado por em 12/11/2009

Fuçando em meus textos antigos e fotologs abandonados, achei algumas coisas legais. Esse me deu vontade imediata de postar, então lá vai: Some dance to remember. Some dance to forget. Certas pessoas, momentos e coisas são completamente inesquecíveis. Existem aqueles que passam. Aparecem de um jeito “the flash”, e se vão na mesma velocidade. São rápidos, mas deixam rastros...

continue lendo

Era uma vez um salário no fim do mês…

postado por em 10/11/2009

Sabe o que é pior? Vivemos num mundo onde é mais fácil acreditar em extraterrestres do que em contos de fadas. Trabalha-se quarenta horas por semana (quando não mais) para não ter dinheiro no fim do mês. Porque ainda vive-se de juros altíssimos e prestações das casas Bahia. Aquela mesma prestação que o coitado do pai de família pena tanto pra pagar, porque quer ter o mínimo de conforto...

continue lendo

Campanha contra cu doce

postado por em 09/11/2009

Isso mesmo. Cansei de cu doce. Uma crítica à frescura feminina. E um alívio para os homens. Acho engraçado. A mulherada por aí sempre se vangloriando disso ou daquilo, lutando pela tal igualdade dos sexos, odiando ser chamada de sexo frágil e tralalá. Compram qualquer briga na rua com machistas, fazem movimentos feministas, querem ser líderes em tudo, têm a proteção da lei maria da penha e o...

continue lendo