Desafio você em paz: dia 4
01nov

Desafio você em paz: dia 4

postado por em 01/11/2018

“Ah, esse vai ser foda” – pensei ao ler o desafio do dia. Tão foda que meu namorado RIU DA MINHA CARA quando contei pra ele: nesse dia 4 do #desafiovoceempaz a tarefa é FAZER MENOS. “Durante todo o dia de hoje, dedique-se a fazer menos coisas do que normalmente você faria. Perceba se tudo aquilo o que você tem para fazer, no dia de hoje, é realmente necessário. Escolha,...

continue lendo
Desafio você em paz: dia 3
01nov

Desafio você em paz: dia 3

postado por em 01/11/2018

O desafio do dia 3 era FAÇA ATÉ O FINAL: “Durante todo o dia de hoje, foque-se em finalizar aquilo que você começar – mesmo que dê preguiça, que perca o sentido ou que, de repente, você tenha perdido a vontade de fazer. Existem mecanismos extremamente sutis através dos quais nossas mentes nos trapaceiam, e o resultado disso você já conhece: procrastinação e autoboicote. Por isso,...

continue lendo
Desafio você em paz: dia 2
31out

Desafio você em paz: dia 2

postado por em 31/10/2018

Mais um dia para falhar miseravelmente. Quando li a tarefa do dia 2, confesso que me bateu um desespero: COMO CARALHOS LOGO EU CONSEGUIREI FAZER AS COISAS DE-VA-GAR? Gente, não! Sou uma pessoa assumidamente ansiosa, acelerada, multitarefa, cabeça a milhão, INCAPAZ de permitir-se ficar sem fazer nada. Mas eu topei o desafio, não topei? Então bora desacelerar. Caracol mode on. Tomei um banho calmo...

continue lendo
Desafio você em paz: dia 1
29out

Desafio você em paz: dia 1

postado por em 29/10/2018

É correto afirmar que falhei miseravelmente logo no primeiro dia. Mas isso não é de tudo ruim: significa que estou mais alerta sobre esse ponto de mudança necessária em minha vida. Logo eu, sempre tão orgulhosa de ser multitarefa, de dar conta com louvor de otimizar meu tempo e fazer tanta coisa diferente de uma só vez, notei o quão nocivo pode ser esse hábito quando mal gerenciado: no fundo,...

continue lendo
Como a comida mudou minha vida
13set

Como a comida mudou minha vida

postado por em 13/09/2018

Se alguém me dissesse na adolescência que hoje eu teria um pequeno empreendimento de congelados na cidade de SP, eu daria risada. Na infância/adolescência não fui uma pessoa interessada por culinária, até porque, nunca tive muito incentivo. Minha mãe nunca foi das maiores fãs da cozinha (fazia mais por necessidade do que por prazer, sempre teve uma vida muito corrida). Resumindo, sou filha de...

continue lendo
Página 3 de 20112345...Última »