Estamos pobres
21ago

Estamos pobres

postado por em 21/08/2017

Leia esse texto ao som dessa música. Nossa geração é pobre em sinceridade. — Felipe Maziero (@felipe_dmz) August 21, 2017 “Nossa geração é pobre em sinceridade”. Seria só mais um tweet aleatório na minha TL se não fosse tão honesto – e preocupante. De fato, tenho lido por aí que nas novas “regras implícitas de relacionamento”, ganha quem demonstra menos. Mas ganha o...

continue lendo
Girassóis mortos
26jul

Girassóis mortos

postado por em 26/07/2017

[Leia esse texto ao som dessa música] Hoje fugi de mim: deixei o coração de lado e finalmente ouvi a voz da razão, que há tanto me apurrinhava nas noites de sofrimento e choro em silêncio. A pior parte é que,  quando analisando a sangue frio, você nunca me fez promessas. Nunca disse que me queria pra você com todas a letras. Na verdade, você nunca disse nada com clareza e é triste admitir que eu...

continue lendo
Inverno
18jul

Inverno

postado por em 18/07/2017

[Leia ao som dessa música] Os dias tem sido mais cinzas e frios que o de costume. E sabe, eu poderia até culpar o inverno, sempre tão carregado de tristeza, solidão e melancolia; mas seria uma grande mentira fazê-lo. O que tem me preocupado de verdade é vê-la assim, tão apagada e cabisbaixa. Logo ela, sempre tão lua cheia, sorriso constante, feita de alegria e simplicidade grátis. Quebra-me um...

continue lendo
Fique com alguém que te admire
10mar

Fique com alguém que te admire

postado por em 10/03/2017

(LEIA ESSE POST AO SOM DESSA MÚSICA). Esses dias atrás, estava conversando com um amigo sobre Oscar, John Legend e o orgulho que ele demonstra ter da mulher, Chrissy Teigen em suas redes sociais.  Aí minha mente meio que debandou pro lado “gente que tem orgulho de seu par” e ainda hoje, dias depois do papo despetensioso, o tema ainda me martela na cabeça. Tanto que fui ler sobre o...

continue lendo
Não era você
08fev

Não era você

postado por em 08/02/2017

É engraçado como no fundo, eu sempre soube: não era você. Mas a gente tenta se justificar pelos caminhos sinuosos da razão, encontrando explicações cada vez mais sem pé nem cabeça para continuar tentando algo que já nasceu furado. Particularmente (e com muita vergonha), admito ter pensado coisas absurdas como “o amor deve ser isso mesmo, eu que estou romantizando/querendo demais”,...

continue lendo
Eu te odeio, mas também te amo
07fev

Eu te odeio, mas também te amo

postado por em 07/02/2017

Eu pensei em trinta e quatro formas diferentes de começar esse texto, mas acho que a única que contém a sinceridade e intensidade que eu preciso é confessando que te odeio. Na verdade, te odiei desde o primeiro minuto que te vi, com esses olhos de águas profundas e sedentos por serem redescobertos em meio ao cheiro do teu perfume forte que me embriagou todos sentidos e fez sentir o coração parar...

continue lendo
Página 2 de 11312345...Última »